Do que Já Foi Dado

Se existe porquê
para o que a gente sente
sei que ele é insondável...

Se existe um porquê
para cada ação cada som
se existe razão
lógica latente -
do nada que sei
sei que jamais saberei.

Se do silêncio
a súbita interrupção

Se da angústia
a crescente mansidão

se o que se sente
é ainda passível de senso
beijo mãos e dou graças

se o que se vê
é ainda possível imagem
dou graças e um bom abraço!

A Vida
pediu para ser vivida

Pressurosa
volátil
atraente como mulher

Com duros dedos
tricotadeira prodígia
a colecionar corações

A Vida
implorou ser vivida

Exigiu
bateu pé
acendeu velas em oração

Esperneou chorou
a Vida cruzou braços
esperançando ser vivida...

2 comentários:

leonardo galliani disse...

Gostei!

Luisa Castilho disse...

Damos graças pela Vida! Divina maestra tecelã do tempo e da memória <3 Te amo!

ESTÓRICO